Para uma empresa funcionar corretamente, ela depende de muita organização e estrutura bem definida. O foco no cliente é fundamental, com a gestão tendo sempre o público final como centro, seja nas ações de marketing, vendas, relacionamento, entre outros. Mas outro fator essencial para qualquer instituição é a comunicação interna.

É preciso que o relacionamento e o fluxo de informações e ideias seja limpo e eficiente. Afinal, se todos os departamentos e colaboradores tiverem condições estruturais de se comunicarem melhor, mais satisfeitos eles mesmos ficam, gerando um negócio muito mais eficiente. Por isso, separamos alguns dos pontos que explicam os motivos de a comunicação interna ser essencial.

Alinhamento

Para começar, não dá para deixar de falar do alinhamento causado por uma boa comunicação interna. Todos os setores se organizam melhor quando o processo é eficiente. Sem isso, cada parte da empresa remará em uma direção, fará projetos diferentes, com abordagens distintas, em momentos desencontrados e aí o negócio se perde.

Com uma boa comunicação interna, os diversos setores sabem onde cada um está, conhecem o cronograma, sabem em qual momento precisam lançar determinada ação e de que forma isso auxiliará outro departamento. Aumenta a conexão, melhora a comunicação e, claro, o trabalho se torna mais coeso e eficaz, gerando resultados que impactarão na entrega final ao cliente. Como já dissemos, tudo gira em torno do cliente e, portanto, até a comunicação interna pode ajudar.

Valorização dos colaboradores

Pode não parecer, mas a comunicação interna também é valiosa para que os próprios colaboradores se sintam valorizados e importantes. Quando não há uma estrutura coesa, com cada setor “largado”, a tendência é de que os próprios profissionais não se conectem à empresa em si.

Eles podem fazer o trabalho para manterem o emprego, ou terem um bom relacionamento no seu setor, mas não se sente parte de algo maior. Com a comunicação interna eficiente, tudo muda. Cada um percebe que toda a organização trabalha por ele também. Ele sabe que, fazendo sua parte, está ajudando toda a estrutura, não um setor específico.

Assim, sentindo-se mais importantes, os colaboradores se relacionam melhor, trabalham mais satisfeitos e criam um ambiente geral muito mais positivo. Ter departamentos separados e sem unidade só traz riscos de desmotivação e até mesmo rivalidade, o que está longe do ideal dentro de uma empresa que precisa que todos trabalhem na mesma direção.

Trabalho melhor

E, para fechar nossa lista, um aspecto bastante básico, mas direto: com a comunicação interna bem feita o serviço é melhor. Somando os pontos citados acima e pensando também na criação de projetos conjuntos, com mais cabeças conversando e aprimorando o procedimento, o fato é que o produto final, seja qual for a área da empresa, será mais completo.

Se o marketing trabalha bem com o pessoal de criação de projetos, que sabe como conversar com o comercial, com o pós-venda e qualquer outro setor, cada um dará uma contribuição importante para que a solução que chega ao cliente seja a melhor.

Em uma analogia, é como o trabalho em grupo na escola. Se cada um pega uma parte e faz sozinho, o conteúdo final não terá unidade, a linguagem será diferente, a fonte utilizada, entre outros. A nota não vai ser 10. Porém, se cada um faz sua parte, mas há o relacionamento completo para padronização e unificação de ideias, o conteúdo final é melhor.

O mesmo vale para empresas e mostra por que a comunicação interna é necessária para que o produto que chega ao cliente, bem maior de qualquer negócio, seja o ideal.

Agora que entendeu mais sobre a importância da comunicação interna nas empresas, não pare por aqui e continue nos acompanhando. Inscreva-se em nossa newsletter e siga recebendo todos os nossos conteúdos. Assim, poderá aumentar seu conhecimento sobre diversos temas. Não dá para perder esta chance de saber cada vez mais.

0 Shares:
Você também pode gostar