Todos nós sabemos que o cliente é a peça principal de um negócio. Também é do conhecimento de todos que um bom atendimento é muito agradável e pode gerar diversos impactos positivos para qualquer empresa, além da satisfação pessoal do consumidor. No entanto, alguns erros na forma de atender um cliente ainda são recorrentes.

Veja a seguir quais são erros e o que fazer para evitá-los.

Demora no atendimento

Infelizmente, é muito comum encontrarmos uma equipe de vendedores conversando ou fazendo outra atividade qualquer enquanto o cliente está, claramente, esperando um atendimento. Evite que isso aconteça, principalmente pelos motivos citados.

A dica vale também para atendimento online, como contato por telefone ou por WhatsApp. Se a sua empresa disponibilizou um meio de contato, estabeleça um tempo mínimo para dar um retorno ao cliente. Não se esqueça de que todo cliente tem urgência no seu atendimento.

Informações incorretas ou incompletas

Quem atende um cliente, seja online ou presencial, precisa saber de todas as informações sobre a empresa e o produto ou serviço que ela oferece. E se não souber, o colaborador deve saber a quem recorrer ou a quem encaminhar o cliente para que ele obtenha a informação que procura.

Oferecer informações incompletas, imprecisas e até mesmo erradas é muito prejudicial ao negócio e demonstra falta de treinamento da equipe e gera desconfiança no consumidor.

Oferecer um serviço que não existe

Nada é pior do que criar uma expectativa em relação a alguma coisa e ter que contar apenas com a frustração futura. Jamais permita que a sua equipe prometa ao cliente algo que ele sabe que não poderá cumprir, não importa o que seja.

É muito mais vantajoso expor as possíveis limitações que existem no serviço ou no produto e reforçar as qualidades, sem ter que inventar características apenas para ganhar uma venda, por exemplo. Além de ser incorreto, é profundamente incômodo para o cliente e afeta totalmente a relação dele com a empresa.

Mostrar aspecto cansado ou entediado

Por mais que o vendedor não esteja em um dia bom, o que é perfeitamente compreensível, afinal, todos passam por situações ruins, é recomendado que essa insatisfação não seja repassada ao cliente durante o atendimento.

Muito menos quando o motivo do desânimo é preguiça. É preciso dar atenção ao cliente, ouvir as suas necessidades, atender a sua demanda dentro do que for possível e se mostrar interessado em solucionar o seu problema.

Ar de deboche, desânimo, preguiça, raiva e impaciência não devem estar presentes em nenhum funcionário, não importa a sua posição na empresa.

Não acolher a reclamação do cliente

Quando o cliente escolhe a sua empresa e o seu produto é porque ele confia no seu trabalho ou, resolveu dar um voto de confiança. O mínimo que a empresa deve fazer é atender bem esse cliente durante todo o processo de venda e, em especial, quando ele tem uma reclamação a fazer, o que geralmente acontece no pós-venda.

A equipe deve ser treinada para jamais demonstrar descaso com o problema do consumidor, mas sim acolher aquele pedido de ajuda e se mostrar disposto a ajudá-lo. Com um diálogo sincero, é possível entrar em um acordo e melhorar a situação para ambas as partes.

Atender bem um cliente é mais do que uma obrigação da empresa, é uma necessidade já que o sucesso do negócio depende diretamente daquele consumidor. Quando bem atendido, o cliente se torna fiel e fala bem da empresa. Quando não se sente acolhido, ele também falará da empresa, só que de forma negativa. Portanto, a sua equipe precisa estar atenta e evitar os erros aqui citados.

Gostou deste artigo? Inscreva-se em nossa newsletter e receba nossos conteúdos em primeira mão!

0 Shares:
Você também pode gostar